Gestão de Carreira: Quais os Benefícios de Uma “Postura Assertiva” Nas Suas Conquistas Profissionais?

Quando se fala em assertividade, abre-se espaço para diversas perspectivas, pois o vocábulo, pelos próprios desdobramentos, tornou-se “genérico” e um tanto confuso quanto a determinadas interpretações.

Antes de tudo, para ser assertivo é preciso ter competência para “compreender” a si mesmo – suas limitações e habilidades – e, principalmente, trabalhar sua auto-estima para conseguir exercer com excelência seus relacionamentos interpessoais.

Alguém que se julgue assertivo e não consiga interagir com o outro, certamente não obterá bons resultados em suas investidas, pois como pode alguém ser assertivo se nem ao menos consegue aceitar pontos de vista diferentes? Como conseguirá desenvolver sua assertividade sem ser capaz de reconhecer a assertividade no outro?

Um comportamento assertivo vai além do que ser, tão somente, afirmativo e direto. Talvez, perguntar a si mesmo sobre as razões que o fazem querer ser assertivo, e quais os benefícios que terá ao adotar essa postura, ajude na reflexão sobre a abrangência do assunto.

Recentemente, pedimos a uma profissional da área de recrutamento e seleção que “desconstruísse” o termo assertividade e descrevesse, de forma clara, quais os benefícios intrínsecos ao perfil de um “profissional assertivo”, em linha com a expectativa da empresa. Veja como foi ilustrado:

Pessoas com comportamento assertivo expressam-se de forma mais clara e convincente e tendem a encarar os problemas do dia a dia com mais naturalidade, além de conseguir resolvê-los de forma mais efetiva. A assertividade está diretamente relacionada ao nível de autoconhecimento e habilidades interpessoais, o que sugere que pessoas iniciadas no processo de auto-avaliação e interação em grupo, estão mais propensas a agir de forma assertiva.

Waleska Farias

Waleska Farias
Consultora de carreira e imagem


TREINAMENTOS RELACIONADOS


QUAL A SUA
NECESSIDADE?