Chegamos a 2011. Você Sabe Qual é a Sua Missão?

Eu costumo dizer que quando trabalhamos em linha com o cumprimento da nossa missão o “universo conspira a favor”. Na verdade, o que quero dizer, sem a menor conotação mística, é que ao nos dedicarmos com satisfação à nossa missão de vida, tudo tornar-se, se não mais fácil, mais prazeroso.

Nosso propósito de vida emergindo enquanto memória de quem somos e do impacto que causamos, simplesmente, por existirmos.

Nossa missão de vida é o que nos mobiliza. O que nos toca mais fundo e nos traz a determinação necessária para transformar obstáculos em desafios. Aquilo que nos complementa e realiza como ser integral. É o que nos motiva a querer ser melhor a cada dia e nos torna protagonistas e não vítimas da nossa própria existência.

É o que nos inspira a desenvolver em cadeia e prover à sementeira, pois a missão contempla o coletivo. O propósito é nosso, mas o benefício é de todos. Se sua missão beneficiar somente a si próprio, repense-a. A missão é sempre grandiosa, pois tem convergência com nossos valores. É mais ou menos como o dito de Umberto Eco: “se a palavra ecoa o exemplo retumba. É por ai, a missão tem que “retumbar”.

Cada vez mais percebo que a falta de norte que nos confunde é fruto de uma cegueira que muitas vezes nos faz andar em círculos e retarda a sensação de dever cumprido que tanto ansiamos. Estamos no modo automático. Andamos a esmo, sem norte nem referencial. Falta-nos uma visão de futuro clara que nos permita visualizar onde queremos estar e quem queremos ser…

Nossa missão deve estar sempre em convergência com a nossa visão de futuro e nossos valores. O que fazer, onde chegar e como chegar até lá. Nesse trabalho é de fundamental importância o autoconhecimento como primeiro passo a ser dado no processo de conquista dos nossos objetivos.

Reconhecer as nossas competências como também as nossas limitações. Somente sabendo como reagimos a determinados estímulos é que conseguimos nos preservar e cumprir as etapas necessárias, nos mantendo firmes no nosso propósito. Sem autoconhecimento não há como identificar nossas reais demandas nem tampouco se estamos ou não na trilha da nossa missão.

Aqueles que conseguem visualizar e exercer a sua missão de futuro sabem onde querem chegar e como fazer para conquistar o sucesso das suas empreitadas. São essas as pessoas que fazem a diferença. Se não têm, fazem acontecer. São líderes, empreendedores, aguerridos, arrojados, determinados e quase obstinados, pois não costumam abrir mão das suas conquistas facilmente.

Na configuração de um plano de ação pessoal, hoje, o que você gostaria de fazer que o tornaria uma pessoa completamente realizada? Aproveite o novo ano, reflita a respeito das suas considerações e identifique novos significados. Sem sentido suas escolhas não se sustentam e “quem tem um porquê, supera qualquer como.” (Viktor Frankel).

Waleska Farias

Waleska Farias
Consultora de carreira e imagem


TREINAMENTOS RELACIONADOS


QUAL A SUA
NECESSIDADE?